Marconi Perillo pode assumir o comando nacional do PSDB

A missão do governador de Goiás seria pacificar os beligerantes José Serra, Geraldo Alckmin e Aécio Neves

marconi-alckmin-aecio-e-serra-images-cms-image-000506961

Com o conflito político-eleitoral entre o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o ministro das Relações Exteriores, José Serra, e o senador Aécio Neves, pelo comando do PSDB (e, claro, pela possibilidade de disputar a Presidência da República em 2018), o governador de Goiás, Marconi Perillo, pode conseguir um feito: quebrar, finalmente, a hegemonia do eixo político conhecido tradicionalmente como Café com Leite.

Marconi Perillo seria o tertius e assumiria o comando do PSDB. Com uma missão: pacificar o partido em nível nacional.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Welbi Maia

Geraldo Alckmin governa o principal Estado da nação pela quarta vez. Foi reeleito no primeiro turno. Perdeu em apenas um município dos 645. Bancou e elegeu Doria também no primeiro turno na Capital. Elegeu e está ajudando a eleger prefeitos em SP e em outros Estados. Foi também vereador, prefeito, Deputado Estadual e Federal. Se tornou hoje o nome mais forte do partido. Então é natural que Alckmin se movimente para ser o candidato do PSDB à presidente em 2018.