Marconi Perillo estaria articulando campanha de Pedro Paulo Medeiros na OAB?

Ex-diretor sugere que o ex-governador de Goiás apoia a candidatura do advogado a presidente da Ordem

Há um consenso entre os advogados de Goiás — uma das categorias mais bem-preparadas do país — de que não se deve misturar eleições na Ordem dos Advogados do Brasil-Seção de Goiás com política partidária. Claro, não há como evitar que o advogado “X” e o advogado “Y” se filiem a partidos políticos e trabalhem nas campanhas eleitorais. O que se clama é que não se conspurque a OAB com o objetivo de usá-la para disputas de líderes de partidos políticos.

Não se trata de criticar Pedro Paulo Medeiros, candidato a presidente da OAB. Porque, obviamente, é um direito seu disputar o comando da instituição da qual faz parte. Até pelo histórico de advogado eficiente de grandes causas, como a do padre Robson de Oliveira, de Trindade.

Entretanto, se for verdadeira a informação de que o ex-governador Marconi Perillo é um dos articuladores subterrâneos — “disparando ligações para advogados em várias cidades de Goiás”, segundo um ex-diretor da OAB — da campanha de Pedro Paulo Medeiros, a situação não deixa de ser preocupante. Até porque se está dizendo, de com acordo o ex-diretor da Ordem, que o objetivo do grupo é transformar a OAB numa trincheira de oposição ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que, por sinal, mantém relação republicana, de máximo respeito, com a categoria.

Espera-se que a história de Marconi Perillo como articulador político nas sombras da disputa eleitoral na OAB não seja verdadeira. Porque, se for, macula a campanha de Pedro Paulo Medeiros. “O Pepê, se perguntado, vai negar. Mas Marconi Perillo está mesmo apoiando sua candidatura. Trabalhar pela ressurreição política do tucano, via OAB, é um despautério.” O espaço fica aberto para a manifestação do candidato a presidente da Ordem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.