Magda Mofatto banca Cristina Lopes em Goiânia pensando em projeto majoritário

A deputada federal planeja disputar mandato de senadora ou ser vice-governadora em alguma chapa

Magda Mofatto, Dra. Cristina Lopes e integrantes do PL | Foto: Ascom

A deputada federal Magda Moffato (PL) está montando uma estrutura política nas principais cidades de Goiás — o que sugere que, em 2022, pode ir além da disputa pela reeleição. É possível que a parlamentar dispute mandato de senadora, ou então vai a vice-governadora.

O PL está tentando “entrar” em Goiânia — cidade com 1,5 milhão de habitantes e quase 1 milhão de eleitores — e, para a disputa da prefeitura em 2020, vai bancar a vereadora Cristina Lopes, que está deixando o PSDB.

Cristina Lopes é uma política qualificada e talvez seja a melhor vereadora de Goiânia. Ela não debate por debater, pois se prepara para discutir, a sério e profundamente, os problemas da capital. Sua filiação ao PL é, possivelmente, a maior conquista do grupo de Magda Mofatto para o próximo pleito.

Eleita ou não, Cristina Lopes tende a contribuir para consolidar a presença do PL em Goiânia — hoje praticamente nenhuma. Ou seja, vai fortalecer Magda Mofatto para voos mais altos.

Em Catalão, cidade mais próspera do Sudeste goiano, Magda Mofatto vai bancar a candidatura do empresário Luciano Tampa. Em Caldas Novas, maior cidade turística de Goiás, vai lançar o empresário Flávio Canedo (PL), seu marido.

O PL deve bancar mais de 100 candidatos a prefeito em Goiás.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.