Lula da Silva pode ser vice de Ciro Gomes em 2022

O problema é que, como o político do Ceará sabe, o PT é um partido que sempre busca a hegemonia e tende a subordinar os demais partidos de esquerda

Ciro Gomes e Lula da Silva: os dois políticos estão conversando sobre 2022 | Foto: Reprodução

Lula da Silva poderá disputar mandato em 2022, daqui a um ano e 11 meses? Só se conquistar sua elegibilidade.

Cogita-se uma chapa com Ciro Gomes, do PDT, para presidente da República e Lula da Silva, do PT, na vice. Trata-se de uma chapa forte, altamente competitiva.

A dica foi dada pelo marqueteiro João Santana, numa entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura. A modelagem política seria inspirada na Argentina, onde a ex-presidente Cristina Kirchner aceitou ser vice e contribuiu, de maneira decisiva, para a vitória do presidente Alberto Fernández.

Ciro Gomes e Lula da Silva estão conversando, mas não há nada acertado. Porque, no fundo, é cedo para estabelecer alianças políticas. Se forem feitas agora, há chance de caírem daqui a cinco meses ou um ano.

Há também o problema de o PT ser um partido inteiramente hegemonista, quer dizer, tende a subordinar os demais partidos de esquerda aos seus projetos. A ideia de Lula da Silva na vice pode ser, no fundo, uma armadilha para atrair Ciro Gomes e, ao mesmo tempo, dinamitar a ascensão de outros partidos de esquerda, sobretudo o PSB. Uma aliança entre o PT e o PDT certamente contribuirá para o esvaziamento do PSB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.