Petistas avaliam que, como se trata de um político qualificado, chegou o momento de tentar voos mais altos

Luis Cesar Bueno: “Partido precisa defender o legado de folha de serviços” | Foto: Renan Accioly
Luis Cesar Bueno, deputado estadual:  petistas avaliam que tem chance para o Senado | Foto: Renan Accioly

O deputado estadual Luis Cesar Bueno, presidente do PT de Goiânia, é um dos políticos mais consistentes do partido. Na Câmara Municipal da capital e na Assembleia Legislativa, em seus vários mandatos, tem mostrado uma atuação técnica de alta eficiência. Nas discussões de projetos, do governo e dos aliados, é um dos poucos que esmiúçam seus detalhes e apresenta sugestões e reparos sólidos. Para dizer o mínimo, ele acrescenta.

Este ano, planejava disputar a Prefeitura de Goiânia — coroando uma carreira política vitoriosa. Mas o partido preferiu bancar a deputada estadual Adriana Accorsi, mais popular na capital.

Para 2018, Luis Cesar Bueno pode disputar a reeleição ou mandato de deputado federal. Mas há quem no partido avalie que, dada sua consistência, chegou a hora de bancá-lo para senador. No próximo pleito, estará em jogo duas vagas no Senado – a de Lucia Vânia, do PSB, e a de Wilder Morais, do PP. Se o governador Marconi Perillo optar por uma disputa local, e não pelo cenário nacional, restará, possivelmente, uma vaga — o tucano tende a ser o mais bem votado.

Petistas avaliam que, como político qualificado, Luis Cesar Bueno tem chance numa disputa contra Lúcia Vânia (PSB), Vilmar Rocha (PSD), Magda Mofatto (PR) e Wilder Morais (PP).