Livro da mulher do ex-ministro Sergio Moro fica pronto em dois meses

Rosângela Moro certamente contará o que ex-magistrado ainda não pode relatar. Ninguém sabe tanto sobre Sergio Moro quanto a advogada

O que o ex-ministro da Justiça Sergio Moro não pode contar, ou não quer contar, sua mulher, Rosângela Moro, certamente quer, pode e vai relatar. Advogada, experimentada — e o ex-juiz com certeza vai ter o texto antes da publicação —, ela sabe o que pode publicar sem riscos ou com menos riscos de processos judiciais. O fato é que ninguém sabe tanto sobre o ex-magistrado quanto ela. Os dois são pessoas corajosas.

Rosângela Moro é advogada. Em quarentena, está escrevendo um livro para contar a passagem de seu marido pelo Ministério da Justiça pelo governo de Jair Bolsonaro. Não será nada explosivo mas nada água com açúcar. A autora da obra vai circunscrever-se aos fatos — incluindo os sabidos e os não-sabidos. Sobretudo os não-sabidos.

Rosângela Moro e Sergio Moro | Foto: Reprodução

Segundo Bela Megale, de “O Globo” (segunda-feira, 11), “a advogada já definiu como a obra começa: com uma viagem frustrada para a Europa que foi programada com família e amigos para dezembro de 2018. Rosangela e o então juiz da Lava-Jato tinham planejado o evento ao longo daquele ano”. O que derrubou o programa? O convite de Jair Bolsonaro para que o magistrado assumisse o Ministério da Justiça. “Para que a família toda não amargasse o prejuízo, só Moro abriu mão da viagem. Rosangela conta que a decisão de embarcar foi tomada com muito custo e sofrimento.” Nenhum integrante da família participou da posse do ministro.

Bela Megale informa que Rosângela Moro “planeja finalizar o livro dentro de dois meses”. Ela provavelmente estava escrevendo a obra bem antes de Sergio Moro deixar o governo. Agora, possivelmente, deu uma acelerada.

Alguém dúvida que, apesar da crise e das livrarias fechadas (as virtuais atendem com qualidade), o livro — seja bomba ou não — será o grande best seller de 2020? Quem vai editá-lo: Companhia das Letras, Record, Geração Editorial ou Intrínseca?

Circula a informação de que Sergio Moro também pretende escrever um livro, o que ele nunca confirmou. Mas certamente há mais de um biógrafo coletando informações a respeito do ex-magistrado e ex-ministro para contar sua história no combate aos criminosos milionários investigados pela Operação Lava Jato e sua passagem pelo governo errático de Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.