Lista de 44 nomes de “peso” para deputado federal em Goiás

Entre os favoritos estão Delegado Waldir, Wilder Morais, Flávia Morais, Zacharias Calil, Daniel Vilela e Alexandre Baldy

O Jornal Opção ouviu líderes políticos e jornalistas e pediu que indicassem os possíveis candidatos a deputado federal por Goiás que avaliam como “fortes”, não necessariamente como os que serão eleitos, é claro. Trinta pessoas foram ouvidas. O único pré-candidato que recebeu 30 votos foi o deputado federal Delegado Waldir Soares, presidente do PSL. Há uma aposta de que será o mais votado. Mas ao Jornal Opção o parlamentar disse que irá disputar mandato de senador.

Zacharias Calil, um dos mais votados, disse ao Jornal Opção que planeja disputar mandato de senador. Não está muito animado com a reeleição.

Daniel Vilela pode disputar mandato de deputado federal, mas também é cotado para a vice do governador Ronaldo Caiado e também para disputar mandato de senador.

João Campos, cotado como um dos superfavoritos, tem afirmado que disputará mandato de senador.

O senador Luiz Carlos do Carmo recebeu 15 votos e figura como candidato a deputado. Mas tem afirmado que disputará a reeleição. Os entrevistados frisam que o ambiente político no MDB está congestionado e que, se o MDB tiver candidato a senador, será Iris Rezende ou Daniel Vilela. Restaria a Luiz Carlos do Carmo a disputa para deputado. Aí terá atrito com Glaustin da Fokus, outro nome da Assembleia de Deus.

O ex-ministro Alexandre Baldy é cotado entre os favoritíssimos. Mas disse ao Jornal Opção que irá disputar mandato de senador.

Foram listados todos os que receberam mais de cinco votos e foi pedido que os “eleitores” dissessem quais seriam os favoritíssimos.

O grande “senão” apontado por todos os entrevistados: o Distritão vai ser aprovado, as coligações vão voltar ou as regras atuais vão ser mantidas? Eles disseram que, se as regras forem mantidas, só os grandes partidos vão eleger deputados — o que pode mudar a configuração parlamentar de Goiás.

A lista foi configurada em ordem alfabética, e não em ordem de favoritismo ou importância política.

1

Adriano do Baldy/PP

O deputado federal afirma que irá à reeleição. Mas, se Alexandre Baldy for candidato, sairá do páreo? Não se sabe.

2
Alexandre Baldy/PP

Se candidato a deputado federal, é, segundo os entrevistados, um nome forte. Aparece na lista dos favoritíssimos.

3
Carlão Andrade/DEM

Ao assumir a presidência da AGM, o prefeito de Goianira ficará mais forte para deputado federal.

4
Célio Silveira/PSDB

Deve trocar o PSDB pelo Democratas ou pelo MDB. Está cotado entre os favoritíssimos.

5
Daniel Vilela/MDB

Não definiu seu projeto político. Mas sempre diz que não vai ficar sem mandato. Foi listado entre os favoritíssimos.

6
Delegado Waldir Soares/PSL

Prefere disputar mandato de senador. Mas está cotado entre os favoritíssimos. Aliás, é citado como superfavorito.

7
Elias Vaz/PSB

Há quem aposte que o deputado federal perdeu força política. Ao mesmo tempo, é apontado como um parlamentar atuante, ainda que não midiático.

8
Evandro Magal/PP

Deve sair do Progressistas. Consta que seu projeto número um é prejudicar a reeleição da deputada federal Magda Mofatto.

9
Fábio Sousa/sem partido

O ex-deputado federal constituiu uma base sólida (e não só evangélica) e tem chance de voltar ao Congresso. Ele segue o projeto do presidente Jair Bolsonaro.

10
Flávia Cunha/sem partido

Dizem que a família não quer que dispute mandato. Comenta-se que pode obter o apoio do senador Jorge Kajuru, que também é ligado ao deputado Elias Vaz. O DEM e o MDB estão de olho no seu passe.

11
Flávia Morais/PDT

A deputada federal figura na lista dos superfavoritos.

12
Francisco Júnior/PSD

O deputado federal é a grande aposta do partido. Os grupos católicos estão empenhados em sua reeleição. Pode ser o deputado “de” de Henrique Meirelles na campanha.

13
Glaustin da Fokus/PSC

O deputado federal ampliou suas bases no interior. Não está na lista dos favoritíssimos. Mas é apontado como cotado para ser reeleito.

14
Helio de Sousa/PSDB

Assim como outra candidata tucana, acredita que pode ser “arrastado” pela votação de Marconi Perillo.

15
Henrique Meirelles/PSD

Afirma que vai a senador. Há quem acredite que vai repetir 2002, ou seja, que tende a disputar mandato de deputado federal. Mas não é o que ele diz e quer.

16
Heuler Cruvinel/MDB

É a grande aposta do MDB no Sudoeste goiano. Já foi deputado federal.

17
Jânio Darrot/Patriota

O ex-prefeito de Trindade afirma que irá disputar mandato de governador. Mas, como foi citado pelos entrevistados, aparece na lista. Ele figura entre os favoritíssimos.

18
Jefferson Rodrigues/Republicanos

O deputado estadual figura na lista dos favoritíssimos. Ele tem o apoio da Igreja Universal e do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz.

19
João Campos/Republicanos

O deputado federal figura na lista dos favoritíssimos. Mas quer disputar mandato de senador.

20
José Nelto/Podemos

O deputado federal conseguiu duplicar sua base político-eleitoral. Mas, com as regras atuais, terá dificuldade de se reeleger se ficar no Podemos. Tende a sair.

21
Leandro Vilela/MDB

Se Daniel Vilela não for candidato, deve colocar seu nome à disposição do partido.

22
Lêda Borges/PSDB

Se depender de Marconi Perillo, irá a deputada federal. Há quem acredite que o ex-governador pode “arrastá-la”. O fato é que, para deputada estadual, terá dificuldade para se eleger. Porque o prefeito de Valparaíso, Pábio Mossoró, vai lançar um candidato a deputado, possivelmente a vice-prefeita. A principal base de Borges é o município.

23
Lincoln Tejota/Cidadania

Há quem postule que o vice-governador (ou seu pai, Sebastião Tejota) tende a ser candidato a deputado federal. Figura na lista dos favoritíssimos. Ele já disse ao Jornal Opção que prefere continuar como vice.

24
Lissauer Vieira/PSB

O presidente da Assembleia Legislativa aparece na lista dos favoritíssimos. Deve deixar o PSB. E também é cotado para ser vice do governador Ronaldo Caiado.

25
Lucas Vergílio/SD

O deputado federal, se as regras atuais forem mantidas, terá dificuldade de se reeleger. Mas estrutura financeira não lhe falta. É o parlamentar do setor de seguros.

26
Lúcia Vânia/Democratas

A ex-senadora deve se filiar ao Democratas. Se bancada pelo governo, tem chance de ser eleita.

27
Luiz Carlos do Carmo/MDB

O senador conta com ampla estrutura e grande apoio no meio evangélico.

28
Magda Mofatto/PL

A deputada federal tem um problema. O PL só tem ela de candidata, o que dificultará sua reeleição. Mas a maioria dos entrevistados a apontou como favoritíssima.

29
Major Araújo/PSL

O deputado federal é um político articulado. Se for apresentando como “o” candidato do Delegado Waldir, suas chances aumentam.

30
Major Vitor Hugo/PSL

É o candidato do presidente Jair Bolsonaro em Goiás. Mas há quem aposte que, sem o apoio do Delegado Waldir, vai acabar não sendo reeleito.

31
Márcio Cândido/DEM

O vice-prefeito de Anápolis, devido o apoio do prefeito Roberto Naves, é apontado como um postulante consistente.

32

Márcio Corrêa/MDB

Só disputa se Daniel Vilela não for candidato a deputado federal. Representa Anápolis e foi candidato a prefeito em 2020, ficando em terceiro lugar.

33
Marconi Perillo/PSDB

Tucanos acreditam que será o grande puxador de votos do partido. Mas há quem aposte que se elegerá, mas não vai puxar ninguém. Está na lista dos favoritíssimos.

34
Marcos Rios/DEM

O promotor de Justiça de Ceres é cristão-novo na política. É articulado e respeitado pelos políticos.

35
Nilo Resende/DEM

Conhecido como Turbinado (por ser rico), tem estrutura e é uma das apostas do partido.

36
Pedro Sales/Democratas

O presidente da Goinfra, segundo vários políticos, está se movimentando. Simboliza a renovação e seria uma aposta do governador Ronaldo Caiado. Mas um líder do DEM disse ao Jornal Opção que não percebe que ele tenha “vontade” de ser candidato. Pelo menos não agora. Talvez em 2026. Figura na lista dos favoritíssimos.

37
Professor Alcides Ribeiro/PP

O deputado federal vai deixar o Progressistas. Ele foi citado na lista dos favoritíssimos.

38
Rodney Miranda/Democratas

A maioria dos entrevistados citou o secretário de Segurança Pública. Chegaram a apontá-lo como favoritíssimo. Mas um líder do DEM o consultou e recebeu a informação de que não será candidato.

39
Rubens Otoni/PT

A manutenção das atuais regras eleitorais pode prejudicá-lo. Mesmo assim, os entrevistados o listaram como favoritíssimo.

40
Sandro Mabel/MDB

Seu forte é a estrutura financeira que é capaz de movimentar. Dizem que sua prioridade é dirigir a CNI.

41
Wilde Cambão/PSD

O deputado estadual deve ir para o Democratas. Não é bem cotado, mas pode ajudar aliados a serem eleitos.

42
Wilder Morais/PSC

O empresário deve sair do PSC. Vai acompanhar o presidente Jair Bolsonaro. Quer disputar mandato de senador. Está na lista dos favoritíssimos, mas para deputado federal. Sua estrutura financeira é das maiores.

43
Zacharias Calil/DEM

É uma incógnita. Quer ser candidato a senador. O deputado federal foi listado como favoritíssimo para a reeleição.

44
Zé Mário Schreiner/DEM

Discreto, aumentou sua força eleitoral no interior. O deputado federal é apontado como favoritíssimo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.