Lideranças jovens do MDB abrem diálogo sobre a disputa de 2022

Márcio Corrêa, de Anápolis, e Márcio Luis da Silva, de Porangatu, conversaram sobre seus projetos políticos

Os emedebistas Márcio Corrêa e Márcio Luis da Silva se encontraram no sábado, em Anápolis, e bateram um longo papo.

O dentista e empresário Márcio Corrêa disputou a Prefeitura de Anápolis pelo MDB, obteve 16,49% dos votos (29.044 votos) e ficou em terceiro lugar. Pode-se dizer que o jovem político, ligado ao ex-deputado federal Daniel Vilela, ressuscitou o partido no município.

Márcio Luis da Silva, de Porangatu, e Márcio Corrêa, de Anápolis | Foto: Divulgação

O advogado e empresário Márcio Luis da Silva disputou a Prefeitura de Porangatu e ficou em segundo lugar, tendo obtivo 34,68% dos votos. A vitoriosa, Vanuza Valadares, obteve 34,88% dos votos. A diferença entre os dois candidatos foi de 45 votos. A líder do Podemos venceu, como se diz no interior, por um beicinho de pulga.

Os políticos do MDB, passadas as eleições, decidiram abrir conversações. A eleição de 2022 será realizada daqui a um ano, nove meses e 25 dias. Ou seja, o debate a respeito do assunto começa a bater à porta.

A conversa entre os dois políticos foi mais no sentido de se conhecerem. Eles participarão do projeto do MDB em 2022. O partido vai lançar candidato a governador, que pode ser Daniel Vilela ou o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.