Líder do MDB diz que Lissauer sabe que Juraci cumpre e Paulo do Vale não cumpre acordos políticos

O vice-presidente do MDB afirma que, bancado por Daniel Vilela para prefeito, o prefeito de Rio Verde o “traiu” na eleição de 2018

Manuel Cearense: “Lissauer Vieira pode contar com o nosso apoio” | Foto: Divulgação

O vice-presidente do MDB em Rio Verde, Manuel Cearense, afirma que, apesar do novo coronavírus — que retirou as pessoas das ruas —, as articulações políticas continuam intensas por telefone, WhatsApp e mensagens. “As pessoas estão todas preocupadas com o covid-19, é certo. Mas dizem que estão na expectativa de que Juraci Martins seja eleito prefeito, arrancando da prefeitura um gestor que não se preocupa com o ‘povão’, e sim apenas com as elites. O prefeito Paulo do Vale constrói campos de golfe para os ricos e escolas de placas para os pobres. É lamentável.”

Manuel Cearense afirma que Juraci Martins vai disputar a prefeitura como candidato de uma ampla frente política. “O MDB está fechado 100% com Juraci. O presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), e o deputado estadual Karlos Cabral — que são ligados politicamente — devem apoiar Juraci. Frise-se que Lissauer é um dos maiores amigos do ex-prefeito e decidiu participar da política sob o seu incentivo. O parlamentar é um político leal e, por isso, estará no palanque de seu patrono político.”

Lissauer Vieira e Juraci Martins: aliados políticos  e amigos | Foto: Reprodução

“Quem conhece Paulo do Vale de perto não confia nos seus supostos apoios. Quando ele estava sem espaço político, o MDB deu-lhe legenda para disputar mandato de deputado federal e prefeito de Rio Verde. Daniel Vilela, presidente do partido, bancou-o integralmente. Pois, quando chegou 2018, Daniel cobrou reciprocidade. Mas, de olho nas pesquisas de opinião e notando o favoritismo de Ronaldo Caiado, trocou de lado. Ele apoiou Caiado e trabalhou, mesmo filiado ao MDB, contra Daniel. Portanto, Lissauer sabe que, mesmo prometendo apoio, Paulo do Vale não cumpre aquilo que acorda”, afirma Manuel Cearense. “Quem trai uma vez costuma trair duas ou mais vezes.”

Paulo do Vale, prefeito de Rio Verde: segundo líder político, ele “traiu” Daniel Vilela na eleição de 2018 | Foto: Divulgação

“O MDB é diferente. Estamos com a pré-candidatura de Juraci desde o início. Nós tínhamos pré-candidatos — até mais de um nome, todos consistentes —, mas, com o objetivo de unir as oposições, decidimos retirar nossa postulação para bancar Juraci. Em 2022, nós vamos apoiar a candidatura de Lissauer Vieira a deputado federal, desde que participe da frente de apoio a Juraci em 2020. O próprio Karlos Cabral poderá obter o nosso apoio”, assinala o vice-presidente do MDB. “Nós, insisto, cumprimos aquilo que acordamos. Já Paulo do Vale tem o hábito, sempre muito ruim, de trair os aliados — como Daniel Vilela, em 2018. Aliás, nesse ano, ele bancou Flávia Cunha para deputada federal e, em seguida, deixou-a na mão. Seu vice não será Flávia, e sim, possivelmente, Eduardo Ribeiro, que faz uma gestão ineficiente na Secretaria da Saúde”, postula Manuel Cearense.

Juraci, sustenta o vice-presidente do MDB, terá o apoio de nove ou até mais vereadores. “A cidade tem 21 vereadores e os que realmente são independentes, que defendem os cidadãos do município, estão na oposição, apoiando Juraci Martins. O MDB perdeu vereadores, que eram governistas e não emedebistas, e ganhou quatro vereadores, que são emedebistas, e não governistas”, anota Manuel Cearense.

A tendência é que o MDB lance o vice de Juraci Martins.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.