Leila do Vôlei, Izalci Lucas e Reguffe querem arrancar Ibaneis do governo de Brasília

O governador do DF faz uma gestão considerada errática. Por isso há três postulantes iniciando uma campanha para retirá-lo do palácio

Leila do Vôlei, senadora do PSB | Foto: Reprodução

A gestão do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, do MDB, é considerada “errática”. Por isso vários políticos já estão montando estruturas, e até contratando marqueteiros, para colocar o bloco na rua o mais cedo possível. O cálculo deles é o seguinte: a eleição para governador será disputada daqui a um ano e dez meses, mas as desincompatibilizações começam daqui a um ano e quatro meses. Noutras palavras, a campanha começará mais cedo. A rigor, a campanha já está nas ruas. Tanto que Ibaneis Rocha apoiou vários candidatos a prefeito no Entorno de Brasília, porque muitos eleitores da capital nacional moram nas cidades vizinhas, como Valparaíso, Cidade Ocidental, Luziânia e Águas Lindas.

Ibaneis Rocha: governador do Distrito Federal | Foto: Reprodução

Ibaneis Rocha será candidato à reeleição e está procurando costurar uma aliança com o empresário Paulo Octávio (cotado para o Senado) e Rogério Rosso (que disputará mandato de deputado federal).

A senadora Leila Barros (PSB) é cotada para disputar o governo. Popularíssima, Leila do Vôlei, como é conhecida, precisa, antes, retirar uma pedra de seu caminho. Se o senador José Antônio Machado Reguffe (Podemos), também popularíssimo — é apontado como um político incorruptível —, for candidato a governador, como tem sido incentivado por seu partido, vai atrapalhar a candidatura da líder do Partido Socialista Brasileiro. E vice-versa.

José Antônio Reguffe, senador: nome forte do Podemos | Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Reguffe está sendo bancado pelo senador Álvaro Dias, que está trabalhando para criar estruturas político-eleitorais em praticamente todos os Estados e no Distrito Federal, com o objetivo de bancar Sergio Moro para presidente da República, em 2022.

Agora, uma chapa com Leila do Vôlei para governador e Reguffe para senador pode até não ser imbatível, mas será muito forte.

Izalci Lucas, senador: nome forte do do PSDB | Foto: Reprodução

O fato é que, se os dois forem candidatos, Leila do Vôlei pode esvaziar Reguffe e este pode esvaziar a aquela — com ambos saindo derrotados. Ibaneis Rocha aposta nesta divisão.

O senador Izalci Lucas, do PSDB, também opera para ser candidato a governador. Sua vice seria a deputada federal Paula Belmonte, mulher do milionário Luís Fernando Belmonte, o primeiro-amigo do presidente Jair Bolsonaro que está tentando organizar o partido Aliança Pelo Brasil. Ele é o primeiro suplente de Izalci Lucas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.