Kajuru deve ser candidato a senador na chapa de Daniel Vilela ou de Ronaldo Caiado

O problema é que Wilder Morais, José Nelto e Samuel Belchior não querem o vereador na chapa do candidato do DEM

Arquivo/Montagem

O vereador Jorge Kajuru (PRP) define, no fim deste mês, se disputa mandato de senador ou deputado federal. Seus eleitores e ele próprio preferem a disputa para o Senado. Seu partido, o PRP, prefere que dispute mandato para a Câmara dos Deputados. Porque é por meio dos parlamentares que um partido político aumenta seu fundo partidário e seu tempo nos programas de televisão.

Há o consenso de que, para deputado federal, Kajuru já pode encomendar o terno da posse. Ele tende a ser o mais bem votado, possivelmente ao lado (ou bem acima) do deputado e delegado Waldir Soares, de Flávia Morais, de Jovair Arantes e de Iris Araújo. Para senador, é mais complicado, porque, sem estrutura em todo o Estado — Goiás é gigante (maior do que Cuba, Israel e Portugal juntos) —, é muito difícil ser eleito. O senador Ronaldo Caiado foi eleito em 2014 porque contou com o apoio do MDB. Mesmo assim, na reta final, Vilmar Rocha encostou e assustou o presidente do DEM. Sem o MDB, o senador possivelmente teria sido derrotado.

Kajuru tem conversado com dois pré-candidatos a governador, Daniel Vilela, do MDB, e Ronaldo Caiado, do DEM. “Conversei três vezes com Daniel Vilela, recentemente. Numa delas, no restaurante Bartolomeu, no Setor Oeste. Devo conversar com Ronaldo na próxima semana. O fato é vou esperar um pouco mais.”

O fato de Caiado ter preferido o senador Wilder Morais, praticamente exigindo que Kajuru disputasse mandato de deputado federal, desagradou o vereador. “Sou amigo de Caiado há 35 anos. Acrescento que meu amigo Datena filiou-se ao DEM em larga medida por causa de Ronaldo, não foi devido ao deputado Rodrigo Maia. Continuo próximo de Ronaldo, mas politicamente estou meio distante. Gracinha Caiado e Anna Vitória Caiado, que são minhas amigas, não querem que eu me afaste de Ronaldo. Mas Wilder Morais e José Nelto, figuras de proa do grupo do senador, não me querem na sua campanha.” Há indícios de que Samuel Belchior, por não gostar de Jorcelino Braga, também quer distância do vereador. Um dos caiadistas tem o hábito de chamar o vereador de Jorge “Braga” Kajuru.

Caiado, sugere Kajuru, ficou esperando a senadora Lúcia Vânia. “Para um político experiente, foi um equívoco grave, pois ela queria mesmo, desde o início, era fechar aliança com a base governista.”

Então, Kajuru estaria mais próximo de Daniel Vilela? “O fato é que, na prática, o pré-candidato do MDB parece mais interessado em compor comigo. Mas todo mundo estava esperando o término da Copa da Rússia. Com o Brasil desclassificado, fica mais fácil dialogar. Mas, sinceramente, não sei quem vai me chamar para conversar primeiro sobre a vaga para senador. Mas não estou nada preocupado com isso.”

Daniel Vilela estaria dizendo que Kajuru tem portas abertas para uma composição. “Conheço Daniel desde que ele era menino, porque sou amigo de sua mãe, Sandra Carvalho, e do avô materno dele.”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.