Kajuru assume presidência do PRP e prefere compor com Daniel Vilela e não com Caiado

Vereador afirma que pré-candidato do DEM compõe com Paulo Daher e José Nelto, políticos que considera abomináveis

Jorge Kajuru, Paulo Daher e José Nelto: o vereador e o deputado provocam afastamento entre o
líder do PRP e o senador Ronaldo Caiado, do Democratas

O marqueteiro e empresário Jorcelino Braga abdicou do comando e na terça-feira, 1º, o vereador Jorge Kajuru vai assumir a presidência do PRP em Goiás. “Braga vai articular campanha em Goiás, Brasília e Tocantins. Ele recebeu sondagem para trabalhar com o senador Vicentinho Alves e com o procurador da República Mário Lúcio Avelar, que são pré-candidatos a governador do Tocantins [o segundo é cotado também para o Senado]. Em Goiás, deve trabalhar na campanha do pré-candidato a governador pelo MDB, Daniel Vilela.”
Kajuru diz que, ao assumir a direção do PRP, não vai operar o setor administrativo e o fundo partidário. “Uma filha de Braga de­ve lidar com o setor burocrático.”

O PRP, afirma Kajuru, está dividido em três “facções”. “A primeira cobra que eu dispute mandato de senador de maneira solo, quer dizer, sem vínculo com candidatos a governador de outros partidos. Representa 65% do partido. A segunda corrente sugere aliança com Ronaldo Caiado (DEM). A terceira prefere coligação com Daniel Vilela.”

“Vou obedecer ao partido, mas também quero que o partido me obedeça. Aposto mais na minha candidatura-solo. Mas admito que, entre o senador Ronaldo Caiado e o deputado federal Daniel Vilela, prefiro compor com o segundo. Não por causa dos defeitos do candidato do DEM, e sim de seus aliados. O Caiado que conheci abominava gente como o vereador Paulo Daher e o deputado José Nelto (Podemos), políticos de qualidade mais do que duvidosa. Embora filiado ao DEM, Daher só foi eleito porque compôs com o PRP. Ele diz que é sobrinho de Ronaldo Caiado, mas nem primo é. Mesmo sabendo o caos da saúde em Goiânia, que prejudica notadamente os mais pobres, Daher apoia a permanência de Fátima Mrué na Secretaria da Saúde da prefeitura.”

Kajuru diz que ficou “surpreso” quando Ronaldo Caiado o trocou pelo senador Wilder Morais. “Esperava que Ronaldo escolhesse a mim. Mas ele preferiu Wilder. Ele optou pelo senador não porque tem voto, partido e horário na televisão. Wilder foi escolhido como parceiro única e exclusivamente porque tem dinheiro.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.