Justiça cassa candidatura de Dona Cida a prefeita de Planaltina

Juíza considerou que, como candidata a deputada, a mãe de Eurípedes Júnior, presidente do PROS, cometeu “diversas irregularidades”

O pedido de registro de candidatura de Maria Aparecida dos Santos, a Dona Cida (também conhecida como Pastora Cida), foi indeferido pela Justiça Eleitoral na segunda-feira, 25. Isto significa que a mãe do presidente do PROS, Eurípedes Júnior, não pode disputar a Prefeitura de Planaltina de Goiás, município do Entorno de Brasília.

Dona Cida: prefeita de Planaltina não pode ser candidata à reeleição | Foto: Reprodução

A juíza Jordana Pinheiro sublinha que, quando candidata a deputada federal, em 2018, Dona Cida “praticou diversas irregularidades”. Por isso foi condenada numa representação eleitoral.

A revista “Veja” informa que, segundo a magistrada, “a candidata não demonstrou a existência de efeito suspensivo nos recursos interpostos nas instâncias superiores, razão pela qual a condenação ‘atrai a inelegibilidade’”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.