Júnior Friboi comentou com aliados políticos que não sabe porque será convocado pela CPI do BNDES, pois não participa, desde 2010, da direção da JBS-Friboi. A empresa é dirigida, há vários anos, pelos irmãos Joesley e Wesley Batista.

Por que, se não participa do comando da JBS — da qual teria saído com 10 bilhões limpinhos —, a cúpula da CPI decidiu convocá-lo? Aliados suspeitam que tem a ver com a possibilidade de ele disputar o governo de Goiás em 2018. “Há o dedo do PMDB e do senador Ronaldo Caiado, se a convocação for mesmo um fato”, afirma um aliado de Friboi.