José Nelto denuncia que Iris Rezende transformou o Centro de Goiânia numa fábrica de multa

O deputado federal eleito sublinha que o prefeito não tem sintonia com a população da capital e só pensa em multar e arrecadar

José Nelto: “Iris Rezende só pensa em arrecadar” | Arquivo: Jornal Opção

O deputado federal eleito José Nelto (Podemos) disse ao Jornal Opção que o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, vai “bem mal”. “O alcaide não tem sintonia com a população. Sua administração não é ágil, não é moderna e não está antenada com os goianienses. Todos nós queremos resultados, mas a gestão do emedebista é pífia.”

Iris Rezende teria perdido a sintonia com os goianenses | Foto: Nathan Sampaio

José Nelto diz que, para “piorar” as coisas, “Iris Rezende transformou o Centro de Goiânia numa fábrica de multa. Se passar de 40km, o motorista é multado. Isto é impraticável. O prefeito, no lugar de fazer uma campanha educativa de amplo espectro e de sugerir uma velocidade de 60km, implantou logo a ditadura dos 40km, o que acaba por congestionar e paralisar o Centro da capital”.

“O secretário Municipal da e Trânsito, Transportes e Mobilidade, Fernando Santana, está aconselhando mal o prefeito Iris Rezende”, critica José Nelto. “Ele e Iris Rezende só pensam em multar. A população não agrada mais este tipo de comportamento.”

2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tony

Melhor deputado de Goiás.
Fala a verdade até aos aliados e ainda é propositivo.

Filemon Miguel dos Santos

Esse deputado se continuar assim vai ser Governador

Marcus

Não concordo muito com o José Nelto, mas agora ele falou uma grande verdade.
A Administração Municipal vai de mal a pior.
Esse Secretário da SMT, é muito fraco,
Goiânia necessita de Recapeamento Asfáltico, melhoria na sinalização horizontal e tudo mais, e dizem certos secretários que o Prefeito é candidato a reeleição. Tem dó!