O marqueteiro estaria dizendo ao prefeito que candidato bancado pelo Palácio das Esmeraldas não ganha eleição em Goiânia

O homem forte da Comunicação da Prefeitura de Goiânia é Jorcelino Braga — marqueteiro, empresário e líder do Patriota em Goiás.

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) ouve Jorcelino Braga todos os dias e estaria seguindo suas orientações à risca. (Fica-se com a impressão de que o prefeito está sempre terceirizando a gestão para alguém. Primeiro, deixou o pessoal de Brasília mandar. Segundo, cercou-se do pessoal da Câmara. Terceiro, passou a seguir as recomendações de Jovair Arantes. Agora, adotou Jorcelino Braga como eminência parda.  A terceirização do poder talvez seja o principal problema de Rogério Cruz.)

Rogério Cruz, prefeito de Goiânia: sua estratégia é não ter estratégia? | Foto: Jackson Rodrigues

Uma das orientações do ex-secretário da Fazenda de Alcides “Cidinho” Rodrigues é para Rogério Cruz se manter afastado do governador Ronaldo Caiado (União Brasil). A tese que circula no Paço Municipal é a seguinte: o político, para se eleger prefeito de Goiânia, precisa se manter afastado do Palácio das Esmeraldas. Jorcelino Braga parece ter se esquecido que, em 2022, Ronaldo Caiado foi o mais votado em Goiânia e sua popularidade na capital permanece alta.

Com o apoio de Jorcelino Braga, Rogério Cruz vai tentar firmar uma imagem de que, embora não seja adversário ou inimigo, é “independente” em relação ao governador Ronaldo Caiado.

Comenta-se, no Paço Municipal, que Ronaldo Caiado vai apoiar Ana Paula Rezende, do MDB, ou Bruno Peixoto, do União Brasil, para prefeito de Goiânia. Então, Rogério Cruz, desde já, tem de se posicionar como candidato fora do espectro de apoios do governador.

Para se reforçar, Jorcelino Braga decidiu — e já teria convencido o prefeito — afastar o secretário de Comunicação, Realle Palazzo, e colocar em seu lugar Célio Campos Freitas Júnior. O fato de este não entender de comunicação indica tão-somente que o secretário de fato será Jorcelino Braga.