Jorcelino Braga diz que ato de Adilson Barroso não anula convenção do Patriota

O presidente regional do partido afirma que Bolsonaro é bem-vindo e que seu grupo contesta é a tentativa de golpe de Adilson Barroso

O presidente nacional do Patriota, Adilson Barroso, publicou um ato no Diário Oficial da União com o objetivo de impedir a convenção do partido, convocada pelo vice-presidente Ovasco Resende, que será realizada na quinta-feira, 24. Ouvido pelo Jornal Opção, o presidente do Patriota em Goiás, Jorcelino Braga — que também faz parte da diretoria nacional —, disse que o ato de Barroso não impede a convenção. “Ela será realizada normalmente”, sublinha.

“A convenção vai avaliar os atos irregulares de Adilson Barroso, o estatuto, a vinda do presidente Jair Bolsonaro para o partido e a substituição do secretário de Organização, Nilton Silva, que morreu de Covid”, afirma Jorcelino Braga.

Jorcelino Braga, presidente regional do Patriota: “Não somos contra a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao partido”| Foto: Reprodução

“Todo o partido é favorável à filiação de Bolsonaro. Somos contra o fato de que, aproveitando da provável vinda do presidente, Adilson Barroso deu um golpe para ficar com a maioria no partido. Maioria que ele não tinha”, frisa o presidente do Patriota em Goiás.

Jorcelino Braga assegura que o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo, não vai se desfiliar do Patriota e deverá ser candidato deputado federal.

Sobre a provável filiação do deputado federal Major Vitor Hugo ao Patriota, Jorcelino Braga relata que nunca discutiu o assunto com ele. “Não conheço o parlamentar, nunca estive com ele. Nunca me procurou para falar de filiação. Mas me falam que se trata de uma pessoa séria. É provável que só vai se pronunciar quando o imbróglio estiver plenamente resolvido.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.