Jogo com Vanderlan ainda é possível. Mas governo voltou a jogar com Maguito Vilela

Um governista que articulava pró-aliança com Vanderlan Cardoso agora começa a articular com o líder emedebista

Daniel Vilela, Maguito Vilela e Ronaldo Caiado: a cena pode se repetir em Goiânia? | Foto: Reprodução

As convenções para a disputa eleitoral de 15 de novembro de 2020 podem ser feitas até 16 de novembro — numa quarta-feira. Portanto, todos os partidos têm de se definir nos próximos nove dias — sobre seus candidatos a prefeito —, tempo que, em política, representa uma eternidade. O fato é que todos estão articulando, notadamente nos bastidores, para formatar alianças para reforçar a musculatura eleitoral.

Em Goiânia, no momento, o quadro de aliança está indefinido. O processo está em stand by — ao menos em termos de aliança entre o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, do Democratas, e os pré-candidatos a prefeito do MDB, Maguito Vilela, e do PSD, Vanderlan Cardoso.

Ronaldo Caiado pode apoiar tanto o ex-governador Maguito Vilela quanto o senador Vanderlan Cardoso. O jogo está bem.

Vanderlan Cardoso e Ronaldo Caiado: aliança é possível, mas não pode ser apenas para 2022 | Foto: Reprodução

Quanto a Vanderlan Cardoso, a aliança esteve perto de ser fechada, na semana passada. Mas esbarrou no fato de que o presidente do PSD, Vilmar Rocha, não quis fechar o acordo também para 2022. Concordou numa aliança para 2020, com o PSD indicando o candidato a prefeito de Goiânia — Vanderlan Cardoso — e o Democratas o seu vice, mas não para 2022, quando o partido teria de assumir, desde já, que apoiaria a reeleição de Ronaldo Caiado. A conversa de Vilmar Rocha com Ronaldo Caiado foi considerada como cordial, franca e direta.

Sublinhe-se que as conversas entre Vanderlan Cardoso e os articuladores de Ronaldo Caiado não foram interrompidas.

Mas há um fato novo na jogada. Um dos articuladores aliados de Ronaldo Caiado — que defendia a aproximação com Vanderlan Cardoso — agora também está articulando uma aproximação com Maguito Vilela.

A articulação pressupõe o apoio de Ronaldo Caiado a Maguito Vilela e, em 2022, o apoio do MDB à reeleição do governador. É um dos jogos — e há disposição, de ambas as partes, de jogá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.