Bancado por Antônio Gomide, um verdadeiro general eleitoral, o prefeito de Anápolis, João Gomes, do PT, permanece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto.

Mas aliados de Roberto do Orion garantem que o petebista, “que deve ir para o segundo turno”, pode ser “a maior surpresa eleitoral do município”.

Carlos Antônio, o postulante do PSDB, aposta que será o rival de João Gomes. Motivo: sua aliança política seria consistente.

Ressalte-se que Anápolis tem o hábito de testar o novo.

O candidato do PSDC, o ex-prefeito Ernani de Paula, frisa que o eleitor de Anápolis só se define integralmente 72 horas antes da eleição.