João Campos diz que Marconi Perillo vai ser eleito porque tem projeto para continuar modernização de Goiás

O deputado federal do PSDB afirma que, além de desintegradas, as oposições só têm projeto de poder, mas não para fazer o Estado avançar

O deputado federal João Campos, com a saúde recuperada, diz que está “pronto para a batalha eleitoral” de 5 de outubro deste ano. “Vamos eleger o governador, o senador e grandes bancadas de deputados federais e estaduais”, diz, otimista, o parlamentar do PSDB.

Ao ser abordado pelo repórter do Jornal Opção, João Campos brincou: “Se eu não tiver seu voto, perco a eleição”. Depois, falando sério, acrescentou: “O quadro político é dinâmico, mas é plenamente favorável à reeleição do governador Marconi Perillo”.

O tucano elenca uma série de motivos pelos quais Marconi “deve ser reeleito”:

1 — “É um gestor eficiente, modernizador. Marconi tem o que mostrar aos goianos. São obras em vários municípios e, importante, todas de imensa utilidade pública. Além disso, Marconi tem uma energia que surpreende todos, da base à oposição. Ele nasceu para fazer política e chefiar o Executivo. Poucos articulam politicamente com tanta habilidade quanto o governador.”

2 — “As oposições, ante o sucesso de Marconi, estão amplamente desintegradas. Elas não têm um projeto para Goiás. Tem, isto sim, um projeto de poder, mas não para dar continuidade à modernização do Estado.”

3 — “Candidaturas fortes a deputado federal e estadual fortalecem as chapas majoritárias. Vanderlan Cardoso, do PSB, não tem uma chapa nem mesmo razoável para deputado federal. Ele está fazendo política praticamente sozinho, sem uma estrutura adequada para um candidato a governador.”

4 — “Antônio Gomide não tem estrutura e é desconhecido do eleitorado de Goiás. Pode até ser um nome para o futuro, mas não é para o presente.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.