Jardel, Bráulio, Demóstenes, Nilson, Gilvan e Calil apostam em virada pró Zé Eliton

A gigantesca base aliada, com estrutura nos 246 municípios, vai fazer a diferença, apostam os seis analistas

Jardel Sebba, Bráulio Morais, Demóstenes Torres, Gilvan Máximo, Nil­son Gomes e Benitez Calil concordam num ponto: o exército eleitoral do ex-governador Marconi Pe­rillo e do governador José Eliton “terá 30% dos votos já no primeiro turno”.

“Absurdo”, considerando que José Eliton ainda não tem 20% das intenções de voto? “Pode até parecer, mas não é”, afirma o jornalista e advogado Nilson Gomes. “Uma força política considerável, como a base governista, tem pelo menos 30% dos votos. Ao mesmo tempo, o MDB de Daniel Vilela não vai ‘morrer’ com 10% dos votos. O quadro atual é o que se pode chamar de ‘inercial’ e, portanto, vai mudar. A base governista é gigante e, quando se ‘levantar’ por inteiro, colocando seus imensos blocos nas ruas, o quadro político-eleitoral tende a mudar”, sugere Nilson Gomes.

O vice-presidente do PRB, Gilvan Máximo, afirma que “o governador José Eliton está se movimentando, direta e indiretamente, em todo o Estado. Marconi Perillo não para, dialogando com todas as forças políticas que apoiam Zé Eliton. Acredito que as próximas pesquisas vão mostrar o governador com cerca de 20% das intenções de voto. A máquina partidária comandada por Marconi e Zé Eliton é imensa e está se ‘levantando’”. O empresário assinala que, “com os programas de televisão, quando o jovem tucano puder expor o que pensa, além de se tornar mais conhecido, haverá uma reviravolta no quadro. A base vai eleger tanto Marconi quanto Zé Eliton. A segunda vaga para senador ficará entre Lúcia Vânia, do PSB, e Vanderlan Cardoso, do PP. Jorge Kajuru, do PRP, deve se desidratar nos próximos 20 dias, por falta de estrutura e discurso. Não ficarei surpreso se Caiado cair para 32% nas próximas pesquisas”.

Jardel Sebba, do PSDB, falando de Catalão com o Jornal Opção, afirma que “José Eliton está ficando mais conhecido no interior. Quanto mais o eleitor o conhece, ao ouvir seu discurso e verificar seus atos, o percebe positivamente. É visto pela sociedade como equilibrado e responsável. Sua ascensão é uma questão de dias, poucos dias. Ele vai para o segundo tur­no e aí é outra eleição — zera tudo”.

Benitez Calil, do PSD, é peremptório: “José Eliton vai ser eleito governador. Está se tornando mais conhecido. E, quando o eleitor passa a conhecê-lo, o aprova. É, pois, uma informação positiva. Ronaldo Caiado [candidato do DEM] está desaparecido porque, quando se posiciona em relação a alguma coisa, perde votos. Ele não é simpático, não agrada. Lidera as pesquisas porque é mais conhecido e os demais candidatos são desconhecidos de parte dos eleitores”.

Bráulio Morais frisa que Ronaldo Caiado “estagnou”. “Embora seja o líder, Caiado está em seu pior momento. Porque sabe que não irá subir, mas vai assistir, pouco a pouco, os adversários, José Eliton e Daniel Vilela, se aproximando. Se cair para a faixa de 32% a 30%, números ainda altos, vai pintar desespero em sua base eleitoral.”

Localizado pelo Jornal Opção em São Miguel do Araguaia, Demóstenes Torres, candidato a deputado federal pelo PTB, é enfático: “Pode escrever: Zé Eliton, como o mais preparado para governar Goiás, vai ser reeleito. Caiado, se brincar, cai para o terceiro lugar”.

4
Deixe um comentário

3 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Paulo Meirelles

Uai…se essa turminha aí não acreditar, quem é que vai ???

Elias Rocha Iporaense

kkkkkkkkkkk

Kesley

Todos especialita disse que o caido vai cair na outra pesquisa .esta so subindo cada vez mais. 8o ÷ dos prefeito esta com a tual governo.Gente so prefeitos nao ganha eleicao.

Altair Martins

Seus Manes Caiado leva no primeiro turno, coloca se em consideração que o povo goiano cansou de tanta safadeza deste grupo.