O PSD decidiu apoiar o governo de Lula da Silva, mas, de cara, exigiu dois ministérios.

Um dos ministérios será para um integrante do Senado e o outro será para um membro da Câmara dos Deputados.

Como o PSD está muito bem em São Paulo, onde compôs com o governador eleito Tarcísio de Freitas, a tendência é que membros dos partidos de outros Estados indiquem o ministro.

Paulo do Vale e Dannillo Pereira| Foto: Reprodução

Para o Ministério da Saúde, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, poderá indicar o médico e deputado federal eleito Ismael Alexandrino, de Goiás.

Se Ismael Alexandrino assumir o ministério, o primeiro suplente do PSD, Dannillo Pereira, assumirá o mandato na Câmara dos Deputados.