Irismo aposta que Iris Rezende terá o apoio de Waldir Soares no segundo turno

Iris Rezende e Delegado Waldir: os favoritos do Instituto Paraná | Fotos: Jornal Opção

Iris Rezende e Delegado Waldir: os favoritos do Instituto Paraná | Fotos: Jornal Opção

Dois iristas sustentam que Iris Rezende, candidato do PMDB a prefeito de Goiânia, trabalha para liquidar a fatura no primeiro turno, porque sabe que o segundo turno é uma pedreira, sobretudo se a disputa for contra Vanderlan Cardoso, do PSB.

O irismo sugere que, no segundo turno, Vanderlan vai contar com uma aliança ainda mais ampla, incorporando possivelmente o PT de Adriana Accorsi e o PSD de Francisco Júnior. Porém, acreditam que, ao menos no caso do PT, que tem várias correntes — uma delas (a de Luis Cesar Bueno) pode apoiar Iris —, o apoio será mais informal do que formal, quer dizer, poderá ser concedido, mas não se entra de fato na campanha.

Mas o grande trunfo do irismo, ao menos no entendimento de seus integrantes, é o possível apoio do Delegado Wal­dir. Na opinião dos iristas, o deputado, por ter rompido com o governo do Estado, não terá condições de apoiar Vanderlan. Assim, acabará, de graça, no colo de Iris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.