O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, já avisou que os jornalistas comissionados que estiverem trabalhando, direta ou indiretamente, na campanha de Ronaldo Caiado devem pedir o boné o mais rápido possível — antes que sejam demitidos. Sabe-se que, nas redes sociais, algumas estocadas contra Daniel Vilela, o pré-candidato do MDB a governador de Goiás, saem da pena de jornalistas regiamente pagos pela Prefeitura de Goiânia. Iris Rezende e Iris Araújo já pediram os nomes dos “propagandistas do caiadismo” e vão, primeiro, adverti-los. Depois, o alcaide vai demiti-los, sem contemplação.

Depois do primeiro aviso, não haverá um segundo.