Perguntaram a Iris Rezende qual seria o vice ideal para a disputa da Prefeitura de Goiânia. Com aquele jeitão de quem diz mais quando nada diz, o peemedebista tergiversou, falou de vários nomes, como Agenor Mariano, Lucas Vergílio e alguém do DEM.

Ao final da conversa com os interlocutores, o peemedebista acabou perguntando se Vanderlan Cardoso, do PSB, seria um bom vice? Todo mundo disse que sim. A questão é saber se aceitaria ser vice de Iris Rezende. Alguém sugeriu que, sim, aceitaria. Os olhos de Iris Rezende de repente adquiriram um ar, por assim dizer, messiânico. Brilharam.

Além da vice, o que o PMDB poderia oferecer ao PSB? Uma vaga na chapa para o Senado em 2018. Para a senadora Lúcia Vânia.