Impeachment de Michel Temer, se efetivado, leva Rodrigo Maia à Presidência da República

Aí se faria uma eleição indireta para Presidência da República. O problema é que Rodrigo Maia é citado pela Lava Jato

Rodrigo Maia (DEM-RJ), o possível substituto do presidente Michel Temer | Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados

Se o presidente Michel Temer cair, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do DEM, assume a Presidência da República por três meses e aí convocaria eleição indireta.

A ressalva é que Rodrigo Maia é citado na Operação Lava Jato. O poder em nível federal “lavajatizado”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.