Humberto Aidar: “Comparar o rigor ético de Iris Rezende com o de Paulo Garcia é comparar cocô com doce”

“Se eu fosse o Paulo Garcia, já tinha colocado essa do PMDB pra correr há muito tempo”, afirma o deputado estadual

Humberto Aidar humberto

Sem fazer rodeios, o deputado estadual Humberto Aidar, em entrevista terça-feira (24) à Rádio 107 FM, pregou o fim da aliança entre o PT e o PMDB em Goiânia. No mesmo tom escatológico do vice-prefeito Agenor Mariano (PMDB), que defendeu que no PMDB “vomite” o PT. Aidar disse que “comparar o rigor ético do ex-prefeito Iris Rezende com Paulo Garcia é comparar cocô com doce”. Paulo Garcia, evidentemente, é o doce.

“Se eu fosse o Paulo Garcia, já tinha colocado essa do PMDB pra correr há muito tempo”, disse, lembrando que o ex-prefeito Iris Rezende trata Garcia de maneira grosseira, como um político que ninguém quer.  “Paulo é um sujeito muito polido”, disse. O deputado afirmou que a militância petista não quer a continuidade da parceria com o PMDB. “Não dá pra conviver com o inimigo dentro de casa.”

“Vou para a convenção defender o fim da aliança com o PMDB.” Depois de elogiar o governador Marconi Perillo, que, segundo ele, “fez muito por Goiás”, Aidar disse que “a chance dele participar de uma eventual campanha de Iris a prefeito de Goiânia é a mesma de eu estar em Marte”.

Aidar disse que a traição de Iris a Paulo Garcia não é novidade. “Ele traiu Santillo, Marconi, Mauro Borges e muitos outros.”

Uma resposta para “Humberto Aidar: “Comparar o rigor ético de Iris Rezende com o de Paulo Garcia é comparar cocô com doce””

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Não seja injusto, deputado. Os cocôs poderão ficar ofendidos com a comparação.

    Petista chamando o outro de excremento. Deve estar faltando espelho nos banheiros dos encontros nacionais do partido.

    Aidar ainda dá uma bajulada no Marconi. Ah, esta proximidade de Marconi com quem é do PT. O que mais torço é que ele saia do PSDB e se filie ao PT. E afunde junto com a sigla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.