O engenheiro goiano pode deixar o MDB em busca de um partido sem desgaste político

Henrique Meirelles tomou gosto pela política partidária

A revista “Veja” afirma que o engenheiro Henrique Meirelles, goiano de Anápolis, pode ser candidato a prefeito de São Paulo, em 2020. Detalhe: não pelo MDB do presidente Michel Temer, e sim pelo partido Novo, de João Amoêdo.

O partido Novo, diferentemente do MDB, não tem desgaste político.

Meirelles foi presidente do Banco Central no governo de Lula da Silva e ministro da Fazenda no governo de Michel Temer.