Ás da filantropia em Anápolis, com anos dedicados à Apae, Hélio Lopes teve uma passagem rápida pelo Ipasgo. Teria feito uma gestão eficiente, mas acabou deixando a presidência do órgão.

Algumas entidades de Anápolis querem bancá-lo para prefeito de Anápolis. Mas Hélio Lopes estaria resistindo.

Comenta-se que Hélio Lopes vai ser vice de Antônio Gomide, o pré-candidato do PT. (Curiosamente, há políticos em Anápolis que sugerem que o petista não estaria entusiasmado com uma candidatura a prefeito. Estaria mais interessado em disputar mandato de deputado federal em 2026.)