Gustavo Sebba pode enfrentar Adib Elias em 2020 na disputa para prefeito de Catalão

Se Adib Elias for para o governo de Caiado, o vice João Sebba assume e disputa a prefeitura. Tiago Simões, do MDB, pode compor com o PSDB

O prefeito de Catalão, Adib Elias (MDB), se quiser, fará parte da equipe de auxiliares do governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM). Por três motivos. Primeiro, foi decisivo para conquistar o apoio de parte significativa do MDB para o candidato. Sem Adib Elias, político incisivo, todo o partido teria fechado com a candidatura de Daniel Vilela, do MDB. Segundo, são amigos e se respeitam. Terceiro, sendo uma voz forte, seria um auxiliar corajoso e firme na tomada de decisões às vezes não populares.

A prioridade de Adib Elias era, até a vitória de Ronaldo Caiado, disputar a reeleição, em 2020. Pode não ser mais. O seu vice, João Sebba, assumiu para que o titular participasse da campanha para governador, e agradou. Portanto, se Adib Elias renunciar, a prefeitura não ficará desguarnecida. Até um político da oposição admite que João Sebba é “íntegro, capaz e menos contencioso do que o prefeito”. Portanto, se ficar na prefeitura, João Sebba deve ser candidato em 2020. O meio político reage assim: “Adib Elias não vai deixar o comando de uma cidade rica”. Outro front contrapõe: “Se pretende mesmo seguir um projeto estadual, como ser vice de Ronaldo Caiado em 2022 ou candidato a senador, é mais inteligente que participe do governo e passe a fazer política em nível estadual”.

Os dois nomes mais consistentes da oposição são o ex-prefeito Jardel Sebba e o deputado estadual Gustavo Sebba — o único eleito pela cidade na disputa de 2018. Se optar pela renovação, o PSDB banca o médico Gustavo Sebba. Se Adib Elias perder o controle do MDB na cidade, o jovem Tiago Simões assumirá o comando. Ele mantém um relacionamento cordial com Gustavo Sebba. Poderão compor? Não houve conversa a respeito, mas o professor Tiago Simões hoje é mais próximo dos tucanos e de Daniel Vilela, presidente regional do MDB, do que do prefeito.

Cogita-se que Tiago Simões pode ser vice de Gustavo Sebba. Loucura? Pode até parecer, porque MDB e PSDB não se misturam em Catalão. Mas, depois da aliança entre parte do MDB e Ronaldo Caiado — eram adversários históricos —, tudo é possível.

O vereador e sindicalista Rodrigão Carvello, que deve sair do Solidariedade, é cotado para disputar a prefeitura.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.