Grupo Zarhan fecha aquisição da TV Anhanguera

Valor pode ter ficado bem abaixo dos 700 milhões citados inicialmente

Os grupos Zarhan e Jaime Câmara estavam concluindo a auditoria dupla na TV Anhanguera — retransmissora da programação da Globo em Goiás — e empresas correlatas, na semana passada.

O negócio está fechado e já se pode dizer que o grupo de Mato Grosso comprou a TV Anhanguera. A família Câmara — leia Jaime Câmara Júnior, Tasso Câmara e Tadeu Câmara — deixa de ser, de um dia para outro, poderosa.

Os valores do negócio não foram revelados. Inicialmente, comentou-se que a Anhanguera havia sido vendida por 700 milhões de reais. Em seguida, falou-se em 1 bilhão. Mas economista especializado em balanços sugere que, com ativos na casa de 247 milhões de reais, a emissora deve ser vendida por cerca de 300 ou 350 milhões de reais. O que pode ampliar o valor do negócio são os imóveis, situados em lugares privilegiados.

O que o Grupo Zarhan quer mesmo é a concessão da TV Globo. Nada mais. “O Popular”, por exemplo, pode ser arrendado por um grupo político. Ou então será assumido por uma parte da família Câmara — Tadeu e Tasso Câmara (apesar de doente, tem paixão pelo jornal, fundado por seu pai, Joaquim Câmara).

O Jornal Opção ouviu Tasso Câmara, um dos principais proprietários do Grupo Jaime Câmara (só perde, em ações, para Jaime Câmara Júnior, o filho de Jaime Câmara, um dos fundadores da empresa). “Da parte de minha família, quem está cuidando da negociação é Tadeu Câmara”, informou. Eles são irmãos. “A Anhanguera está vendida, mas ainda não foi repassada para o grupo de Mato Grosso”, disse, por telefone.

Guliver Leão, um dos negociadores indicados por Jaime Câmara, embora seja do ramo de comunicação, disse que não falará sobre o assunto, dada a “fofocaiada”. Ele frisa que é advogado e não jornalista. Empresas do ramo jornalístico apreciam divulgar os negócios dos outros, mas, quando se trata de seus próprios negócios, tendem a escondê-los.

Como o Grupo Jaime Câmara está sendo absorvido pelo Grupo Zahran, os negociadores não sabem se produzem uma nota conjunta ou duas notas, com as explicações dos dois grupos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.