Monitorado pela cúpula da TV Globo, o Grupo Zahran comprou a TV Anhanguera. As contas estão sendo ajustadas — há algumas dívidas e ações trabalhistas — e brevemente o negócio será tornado público (o valor passa de 300 milhões de reais). Mas há um drummond no meio do caminho: “O Popular”. Tido como o patinho veio do Grupo Jaime Câmara, dado o imenso prejuízo anual e por não ter anúncios publicitários, ninguém quer o “Pop”. Nem de graça.