Governo gostaria que Raquel Teixeira tivesse uma atuação mais proativa na questão da OSs na Educação

 Foto: Alexandre Parrode

Foto: Alexandre Parrode

Setores próximos ao governador Marconi consideram que a secretária Raquel Teixeira, que nunca engoliu as OSs, age com mão frouxa no caso das ocupações das escolas por grupos ligados a sindicatos e partidos políticos. O entendimento é que a secretária deixa correr o movimento sem uma intervenção mais firme.

Os governistas avaliam que não se trata de má-fé, e sim porque Raquel Teixeira, por ser professora e manter ligações fortes com professores, inclusive do sindicato, avalia que é preciso pegar mais leve. Todos admitem que se trata de uma pessoa decente.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.