Goiás Real perde audiência e passa a pregar para convertidos

O site criado pelo deputado José Nelto, do PMDB, era uma boa ideia, mas optou por apresentar um Goiás Irreal e sua audiência está caindo

Deputado estadual José Nelto (PMDB), ideólogo do Goiás Real | Foto: Y Maeda

O portal Goiás Real foi criado pelo deputado estadual José Nelto, com o apoio de um grupo de jornalistas, para apresentar as posições políticas do PMDB e críticas ao governo de Goiás. Desde o nome, Goiás Real, sugerindo que há um Goiás Irreal, fica claro que se trata, o site, de uma espécie de porta-voz do peemedebismo. O problema é que, quando se subordina a realidade à ideologia, o Goiás Real pode se tornar um Goiás Irreal, uma representação não crítica, sim falsa, da realidade ou do que se entende por real. A crítica verdadeira é sempre saudável. O jornalista José Asmar costumava dizer, citando Alfredo Nasser, ministro da Justiça do governo parlamentarista de Tancredo Neves, na primeira metade da década de 1960, que “a oposição também governa”. Porém, quando não apresenta uma interpretação fidedigna do que está acontecendo, não contribui para o debate, transformando-se, não raro, em mero instrumento de ataque político. Nos tempos da comunicação rápida, quando as informações podem ser checadas, há certas “críticas” que se tornam verdadeiros tiros no pé.

O Goiás Real, em si, é uma boa ideia, e, frise-se, legítima. Porém, ao ceder ao “sistema” do “fake news”, o factual sendo substituído pela opinião pura e simples, começa a perder leitores (é possível que até leitores cativos, percebendo que o portal está perdendo qualidade, estejam migrando para outras paragens). A partir do fim de janeiro, a audiência do Goiás Real começou a cair, e de maneira acelerada: mais de 800 posições no ranking do Brasil (tendo como referência o mês de fevereiro). No Facebook, desde março, perdeu mais de 100 posições.

Por que a queda? Pode-se dizer que há uma “fadiga de material”. O site não está conseguindo interpretar o que realmente está acontecendo no “Goiás Real”, afastando, portanto, leitores reais e mesmerizando tão-somente leitores que já estavam, ideologicamente, mesmerizados pela lógica peemedebista. Um especialista em internet, instado a avaliar o site, sugere que não há renovação no conteúdo e, ao ceder às fakes news, está perdendo credibilidade. O resultado é que não desperta mais o interesse dos leitores, sobretudo daqueles que, independentes, querem uma informação crítica de qualidade.

O Goiás Real perdeu leitores, aqueles assíduos, e não está conquistando novos leitores — o que, em termos de internet, é quase uma pena capital. Ao se tornar um reduto para convertidos, o site perde contato com a sociedade real, que quer e exige informação de qualidade.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.