Goiás teve vários ministros, mas só um pode ser qualificado de ministro dos bilhões

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Goiás teve alguns ministros na República, como Leopoldo de Bulhões, Flávio Peixoto, Iris Rezende, Henrique Santillo e Henrique Meirelles. Todos — uns menos, outros mais — com atuação positiva tanto para o país quanto para Goiás. Mas só um ganhou o epíteto de Ministro dos Bilhões.

Como ministro das Cidades, Alexandre Baldy, viabilizou 2,4 bilhões de Goiás, por intermédio do Ministério da Saúde, dirigido por Gilberto Occhi, seu aliado. O jovem de 38 anos conquistou mais recursos para o Estado. Tanto que políticos de todos os partidos o chamam de “nosso ministro”.

Há políticos que discursam. Baldy prefere cultivar a arte do fazer. E, frise-se, o ministro aprecia fazer o bem.