Gleici Hoffmann recebeu 8,6 milhões e Roberto Requião recebeu 2,4 milhões de reais da JBS

A petista e o peemedebista perderam a eleição para governador do Paraná. O tucano Beto Richa, o eleito, recebeu 1 milhão de reais

Beto Richa (PSDB), Gleici Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB): bancados pela JBS

A JBS investiu pesado na eleição para governador do Paraná em 2014. A candidata do PT, a senadora Gleici Hoffmann, recebeu 8,6 milhões de reais. O postulante do PMDB, Roberto Requião, recebeu 2,4 milhões de reais. O tucano Beto Richa, que foi reeleito, recebeu 1 milhão de reais.

As informações foram repassadas à Procuradoria-Geral da República pelos delatores premiados Joesley Batista, sócio da JBS, e Ricardo Saud, executivo da empresa.

Recentemente, o senador Roberto Requião disse que o acordo de delação premiada de Joesley Batista e Ricardo Saud foi orquestrado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.