Giovani Cortopassi desiste de candidatura e apoia Adib Elias para prefeito de Catalão

Júlio Paschoal diz que não vai apoiar o cunhado. Mas as pessoas comentam que ele e o pai, Ênio Paschoal, são os orientadores políticos do líder do PDT

Giovani Cortopassi 1-PHS

Giovani Cortopassi (foto acima) apresentava-se como pré-candidato do PDT a prefeito de Catalão, mas na segunda-feira, 30, vai anunciar apoio ao pré-candidato do PMDB, Adib Elias. Comenta-se na cidade que o pedetista será vice do peemedebista.

Os padrinhos políticos de Giovani Cortopassi são Ênio Paschoal, ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), e o economista Júlio Paschoal, funcionário do governo do Estado de Goiás. Cortopassi, Ênio e Júlio Paschoal apresentam-se na cidade como oposicionistas ferrenhos ao prefeito de Catalão, Jardel Sebba, do PSDB, um dos principais aliados políticos do governador de Goiás, Marconi Perillo. Cortopassi é genro de Ênio e cunhado de Júlio.

Júlio Paschoal 1

Numa rede social, Júlio Paschoal diz que não é responsável pela ligação do cunhado com Adib Elias. Porém, nas rodas políticas da cidade, inclusive entre peemedebistas, o que se diz é que o trio articulou junto com o peemedebista. Há quem diga que a Adib Elias não interessa Cortopassi sozinho — e sim o “pacote completo”, quer dizer, o apoio de Cortapassi, do cunhado e do sogro. Este, por sinal, seria o grande orientador político do genro.

A orientação do governador Marconi Perillo é para que sua base política apoie a reeleição de Jardel Sebba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.