Fundo de Participação do governo de Goiás cai 100 milhões de reais nos quatro meses de 2016

Uma das missões de um possível governo de Michel Temer é rediscutir o pacto federativo

Mapa de Goiás dois goias-mapa

A crise do país está abalando todos os Estados e Goiás, como não é uma ilha, começa a sofrer com mais intensidade os seus efeitos. Nos quatro primeiros meses de 2016, a parcela de Goiás no Fundo de Participação dos Estados (FPE) caiu cerca de 100 milhões de reais.

Não está nada fácil administrar um Estado. Goiás pelo menos está pagando o funcionalismo e fornecedores, além de manter saúde, educação e segurança pública com qualidade. Há Estados que atrasam salários — caso de Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro — e mantém serviços de baixa qualidade nas áreas de educação, segurança e, sobretudo, saúde.

Uma das missões de Michel Temer será rediscutir o Pacto Federativo com governadores e prefeitos. Os Estados e municípios estão cada vez mais inviabilizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.