Flávia Morais “doa” o PDT para a campanha de Caiado. Mas parte do partido fica com José Eliton

Montagem

O PDT em Goiás tem donos — a deputada federal Flávia Morais e seu marido, George Morais (trata-se de um partido familiar) — e súditos. O deputado estadual Karlos Cabral e o suplente Santana Gomes filiaram-se ao partido acreditando que ficariam na base do governador José Eliton (PSDB). Ledo engano.

Flávia Morais e George Morais trocaram o palanque de José Eliton pelo palanque de Ronaldo Caiado. Mas Karlos Cabral e Santana Gomes, dois principais candidatos a deputado estadual do partido, vão bancar a candidatura do tucano.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.