Ex-reitor da UFG, Edward Madureira recebeu dinheiro da JBS em 2014

Filiado ao PT, na disputa passada, Edward Madureira recebeu 5 mil reais da JBS de Joesley Batista

Edward Madureira, suplente de deputado federal | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Candidato a deputado federal em 2014, o ex-reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG) Edward Madureira, então filiado ao PT, recebeu 5 mil reais da JBS. A informação consta da delação premiada de Joesley Batista e Ricardo Saud, da JBS.

Edward Madureira ficou como primeiro suplente (o PT elegeu apenas Rubens Otoni). Ele é candidato, pela terceira vez, a reitor da UFG.

Esclarecimento

Presidente do PT diz que operação junto à JBS foi feita pelo comitê nacional do PT

Ceser Donisete diz que o valor repassado pelo PT nacional foi dividido igualmente entre os candidatos, daí o valor padrão de 5 mil reais

O presidente do PT em Goiás, Ceser Donisete, disse ao Jornal Opção que a captação de recursos junto à JBS, na campanha de 2014, foi feita pelo comitê nacional do PT.

“O comitê nacional fez doação ao comitê financeiro estadual”, afirma Ceser Donisete. “O comitê financeiro estadual fez os pagamentos aos fornecedores e prestadores de serviços. Pagamos uma empresa para a produção dos programas de televisão e rádio. O valor foi dividido igualmente entre os candidatos a deputado estadual e federal. Por isso a quantia de 5 mil reais para casa um”.

Nota do professor Edward Madureira

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Du Oliveira

A reportagem não diz se esse valor foi declarado ao TSE ou não. Matéria incompleta.