O engenheiro e ex-deputado federal Pedro Chaves é um dos políticos mais experimentados do MDB. É apontado como responsável, competente e íntegro.

Nas especulações sobre a reforma do governo de Ronaldo Caiado, o nome de Pedro Chaves sempre é apontado como um possível secretário ou então presidente da Saneago ou do Detran.

Porém, com sua tranquilidade habitual, Pedro Chaves não move uma palha — não é adepto de pressões — para ocupar cargo no governo do Estado.

Nesta semana, o que mais se comentou, nos bastidores, é que Pedro Chaves vai assumir, a partir de 2023, a presidência do MDB em Goiás.

Ao assumir a vice-governadoria, a partir de 1º de janeiro de 2023, Daniel Vilela deixaria o comando do MDB no Estado. Continuaria como membro da cúpula, mas abriria espaço para Pedro Chaves, companheiro de todas as horas e uma referência política.