Evandro Magal pode disputar mandato de deputado federal e travar reeleição de Magda Mofatto


A única coisa que pode reuni-los em 2018 é a candidatura de José Eliton a governador

Magda Mofatto e Evandro Magal: juntos e sorrindo? Só em fotos antigas. Hoje, são rivais figadais

O prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP), tem sido apontado como possível candidato a deputado federal em 2018. O que, certamente, contraria a deputada federal Magda Mofatto (PR), que, embora diga que será candidata a senadora, possivelmente disputará a reeleição.

Se candidato, Magal contribuirá para reduzir a votação de Magda, ao menos em Caldas Novas. Só uma coisa pode uni-los em 2018: o apoio à candidatura de José Eliton a governador de Goiás. Filiado ao PSDB, o vice-governador já foi presidente do PP, o partido de Magal, com quem mantém relacionamento político estreito. Ao mesmo tempo, mantém diálogo positivo com o grupo da parlamentar.

No quadro atual, pode-se falar numa guerra política entre Magal e Magda. A única coisa comum entre os dois hoje é que os nomes Magal e Magda começam com a letra “m”, tem cinco letras, o início forma “Mag”, tem duas vogais (sempre “a”, nos dois casos) e três consoantes. Curiosamente, Evandro e Mofatto têm sete letras. Um numerologista diria que os dois políticos têm muito em comum. Porém, quando se pensa que vão conviver de maneira harmônica, acabam por romper as relações políticas. “Um é o escorpião do outro”, frisa um deputado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.