Eurípedes Junior diz que Pros é destaque na Assembleia e vai lançar candidato em Goiânia

O partido dirigido nacionalmente por um goiano trabalha para ter seis deputados na Assembleia Legislativa de Goiás

Lincoln Tejota | Foto: Sergio Rocha

Criticado por uns, enaltecido por outros, o presidente nacional do Pros, o goiano Eurípedes Júnior, é um fenômeno. Lutou bravamente para constituir o partido, enfrentou tempestades, mas conseguiu consolidá-lo, a ferro e fogo.

Poucos partidos médios são tão organizados. Com gráfica e produtora próprias, suas campanhas são profissionais. Na eleição de 2018, elegeu três deputados estaduais — Cairo Salim, Rubens Marques e Vinicius Cirqueira — e deve conquistar mais três.

Dr. Antonio e Alvaro Guimarães disputam presidência da Casa

Na disputa para presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, trabalhando já com cinco deputados, o Pros é uma espécie de fiel da balança (tem mais votos do que o MDB, por exemplo). “Com cinco deputados, podendo chegar a seis, o Pros é um player na disputa. Estamos conversando com os dois grupos — o de Álvaro Guimarães (DEM) e o do Dr. Antônio (DEM). O partido ainda não se definiu. Desde a primeira conversa, ficou definido, pelos dois grupos, que o Pros terá a vice-presidência. A gente falou com Álvaro quando tinha três parlamentares e agora estamos praticamente com seis. Rafael Gouveia (DC) e Wagner Neto (Patriota) já estão do nosso lado.”

Inquirido sobre a participação no governo de Ronaldo Caiado, Eurípedes Júnior frisa que o Pros “ajudou a elegê-lo e tem o vice-governador, Lincoln Tejota”. “Falamos uma vez com Caiado, que disse que vai nos chamar para conversar depois da posse. Nós queremos contribuir com o governo. Nós temos cinco deputados estaduais, oito deputados federais e dois senadores. O senador Fernando Collor vai se filiar ao Pros em 15 de janeiro e podemos conquistar mais um senador. Minha mãe, a Pastora Cida, é a primeira suplente da coligação que elegeu Flávia Morais, Alcides Rodrigues e José Mário Schreiner.” Eurípedes Júnior aposta que um deles pode assumir alguma secretaria e aí a Pastora Cida assumiria mandato na Câmara dos Deputados.

Procede que Lincoln Tejota prepara sua saída do Pros? “Não acredito, desconheço qualquer conversa a respeito. Lincoln não me falou nada a respeito. O Pros está em processo de fortalecimento, é decisivo na Assembleia e pode ter uma deputada federal. Lincoln é meu amigo, o banquei para vice-governador. Somos parceiros. Portanto, acho que não deve sair. Não quero nem vou ‘atropelar’ ninguém”, sublinha Eurípedes Júnior. “Rodrigo Melo só assume o comando do Pros regional se Lincoln Tejota deixar a direção no Estado. Mas não tenho nenhuma intenção de fazer intervenção. Nós fomos vitoriosos nas eleições e, por isso, devemos comemorar e não brigar.”

João Campos tem chance de ser eleito para presidente da Câmara dos Deputados? “João Campos é meu amigo, mas é fato que a nossa bancada já manteve conversas com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, candidato à reeleição. Não posso falar em nome da bancada, que, insisto, está com conversas avançadas com Rodrigo Maia. Mas, como João é meu amigo e é de meu Estado, vamos conversar com ele. A eleição terá dois turnos, por isso ampliar as conversas é importante.”

Eurípedes Júnior afirma que o Pros vai lançar candidato a prefeito em Goiânia. “O presidente do partido é um goiano, nós estamos bem estruturados no Estado. Nós temos Fundo Eleitoral e Fundo Partidário e vamos bancar um candidato.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.