O presidente da OAB-Goiás, Enil Henrique, recém-eleito para um mandato-tampão, tem dito que não vai disputar a reeleição em novembro deste ano. Porém, se colocar a casa em ordem, pode receber uma convocação para ser candidato.

Acredita-se que Flávio Buonaduce, professor universitário e advogado atuante, é capaz de agregar as forças descontentes da OAB Forte, talvez até Sebastião Macalé.