Eleição OAB-GO: pesquisa divulgada esta semana foi a campo há quase 3 meses

Levantamento, que entrevistou 361 advogados, foi feito pelo instituto Santa Dica entre os dias 13 e 20 de março. De lá para cá, quadro de pré-candidaturas se afunilou

Soou estranho nas campanhas dos pré-candidatos à presidência da OAB-Goiás uma pesquisa divulgada nesta semana, mas que foi a campo há quase três meses. O levantamento, que entrevistou 361 advogados, foi feito pelo instituto Santa Dica entre os dias 13 e 20 de março.

Na sondagem, foram apresentados, à época, oito nomes aos associados. De lá para cá, ocorreram mudanças na corrida pela presidência de uma das principais instituições representativas do estado. O quadro de pré-candidaturas – tanto da situação, quanto da oposição – foi reduzido.

Hoje, no campo situacionista disputam três nomes: Rafael Lara, Rodolfo Otávio e Valentina Jungmann. Já na oposição ainda figuram como pré-candidatos Pedro Paulo Medeiros e Júlio Meireles. Deixaram a corrida, Alexandre Caiado, André Abrão e Patrícia Miranda Centeno.

Além da redução de pré-candidaturas, outra mudança no cenário foi a definição do atual presidente da OAB-Goiás, Lúcio Flávio, de apoiar o colega Rafael Lara para a sua sucessão.

A tendência na corrida para presidente da ordem em Goiás é que se afunile ainda mais e que se concentre em apenas dois candidatos. A eleição para escolher quem vai conduzir os rumos da advocacia no estado a partir de 2022 está marcada para novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.