Elder Galdino não quer aliança com grupos de Adib e Jardel em Catalão

O pré-candidato do MDB diz que, por representar a mudança, pode ser eleito prefeito de Catalão. “Eleitores querem renovação”

Elder Galdino, de 51 anos, é um agropecuarista bem-sucedido e nunca disputou mandato político. Seu irmão, Onofre Galdino, é prefeito de Ouvidor, cidade do Sudeste goiano. “Onofre faz uma das melhores gestões do país.”

Este ano, depois de refletir, Elder Galdino decidiu: vai disputar a Prefeitura de Catalão, município onde nasceu, cresceu e amadureceu. Ele é filiado ao MDB e mantém forte ligação com o presidente do partido, Daniel Vilela.

Elder Galdino, agropecuarista: pré-candidato a prefeito de Catalão | Foto: Divulgação

“Nada tenho contra os dois grupos que administram Catalão há mais de 20 anos. Entretanto, como represento a mudança, o novo, não há como estabelecer uma aliança político-eleitoral com os grupos do prefeito Adib Elias e de Jardel Sebba. A possibilidade de uma aliança com um dos dois grupos é zero. Ressalto que não tenho nada com César Ferreira, Jardel Sebba, Gustavo Sebba e Adib Elias. Não é nada pessoal, mas quero trilhar um caminho diferente”, afirma Elder Galdino.

Por que, não sendo político, decidiu disputar a prefeitura? “Na verdade, embora nunca tenha disputado mandato, gosto de política e sei que, por intermédio dela, é possível melhorar a vida das pessoas. Acrescento que gosto de minha cidade e da minha região”, afirma Elder Galdino.

Se eleito, o que pensa fazer para melhorar a qualidade de vida da população de Catalão? “Se eleito, quero estabelecer novas parceiras e implantar uma gestão moderna. O setor de saúde de Catalão é precário, as pessoas estão sempre reclamando. Com minha experiência de gestão, sei que organizarei  a saúde com o objetivo de beneficiar todos os catalanos. Continua faltando água em Catalão e a água nem sempre é limpa. É outra área que vou cuidar com atenção.”

Instado a avaliar a gestão de Adib Elias, Elder Galdino diz que não é o momento e que não quer fazer a velha política de ataques gratuitos. “Críticas”, afirma, “só fundamentadas e em defesa da sociedade”. Ele informa que está estudando os problemas da cidade. “O que quero mesmo é ser um candidato capaz de propor soluções para os problemas. Noutras palavras, planejo ir além do registro dos problemas.”

Elder Galdino sugere que vai buscar alianças com políticos de outros partidos. “Vou sentar à mesa com os pré-candidatos novos, mesmo os que, já tendo participado de eleição, nunca ocuparam a prefeitura. Meu objetivo é unir a oposição, mas tendo em vista o interesse público, ou seja, melhorar Catalão para todos os catalanos. Tenho conversado com Luciano Tampa, do PL, e André Solofértil, do PSL. Eles são pré-candidatos e têm todo o direito de disputar.”

Adib Elias é um candidato forte e controla a máquina. Como percebe isto? “De fato, não é um candidato fraco. Mas vários candidatos fortes já foram derrotados pelo Brasil afora. Eleição quem decide é o eleitor e os eleitores de Catalão, altamente politizados e bem informados, clamam por mudança e pacificação”, frisa Elder Galdino, um produtor rural de fala tranquila e equilibrada.

Uma resposta para “Elder Galdino não quer aliança com grupos de Adib e Jardel em Catalão”

  1. Onofre Lino Neto disse:

    É isso mesmo Elder, a alinca maior vc já tem que é o povo, vamos acabar com a dinastia Adib Jardel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.