Eládio Carneiro é indicado vice de Professora Edna, prefeita de Luziânia

Há também a possibilidade de Wilde Cambão e Cristóvão Tormin apoiarem a candidata do Podemos

O advogado Eládio Carneiro, do PSL, retirou sua candidatura a prefeito de Luziânia e se tornou vice na chapa da prefeita Professora Edna Aparecida, do Podemos. O PT também apoia a candidatura da líder do Podemos. Trata-se de um caso raro de uma aliança do PT de Lula da Silva com o PSL pelo qual Jair Bolsonaro foi eleito presidente.

O marqueteiro Jorcelino Braga vai assumir o comando da campanha de Professora Edna. Mas, antes de assumir a campanha, o profissional vai examinar uma pesquisa qualitativa e uma pesquisa quantitativa.

Eládio Carneiro, vice, Professora Edna, prefeita, e Nelson Rebelato, presidente do PSL de Luziânia | Foto: Reprodução

O ex-governador Marconi Perillo retirou o PSDB de Luziânia do deputado federal Célio Silveira e o partido agora está apoiando a candidatura de Professora Edna.

Quem articula contra Célio Silveira e o deputado estadual Diego Sorgatto (Democratas) em Luziânia, em nome de Marconi Perillo, é a deputada estadual Lêda Borges, candidata a prefeita em Valparaíso de Goiás pelo PSDB. Ela é se considera “inimiga” de Diego Sorgatto e de Célio Silveira.

O candidato do PSD a prefeito, deputado Wilde Cambão, também pode se retirar da disputa e apoiar a Professora Edna. Em troca, a prefeita apoiaria sua reeleição em 2022. O ex-prefeito Cristóvão Tormin seria o operador do acordão.

Diego Sorgatto é, no momento, o favorito. Mas o grupo de Professora Edna aposta que, com a frente política que está estruturando, pode derrotá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.