É muita burocracia para pouco candidato

No site de acompanhamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a única candidatura que ainda não havia sido deferida na última sexta-feira, 1º, era a de Marta Jane (PCB). Porém, ao que consta, não há nada errado. É que os trâmites burocráticos para deferimento de candidaturas são, realmente, demorados.

Falando em Marta Jane, a candidata tem se dedicado bastante a reuniões internas, principalmente na região metropolitana e “com grupos específicos de trabalhadores”. Os trabalhadores são os principais apoiadores da candidatura de Marta. Segundo ela, parcerias com agentes políticos não são bem-vindas. Motivo: “Para que não haja amar­ras políticas”, caso ela vença as elei­ções de outubro.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.