A prefeita de São Miguel do Araguaia, Azaide Donizetti Borges Martins, foi reeleita, em 2020, com 58,78% dos votos válidos. O candidato do DEM (hoje União Brasil), Jadir da Farmácia (Jadir Lopes de Oliveira), obteve 40,10%.

Azaide Borges enfrenta desgaste, sobretudo na área de Educação, na qual ocorreu uma greve. Mesmo assim, como tem o controle de uma máquina poderosa, a prefeitura, tende a ser uma cabo eleitoral substanciosa.

Jeronymo Siqueira: jovem empresário de São Miguel do Araguaia | Foto: Reprodução

Fazendeiro e dono de uma franquia do Boticário, Jerônymo Siqueira planeja disputar o pleito deste ano. O produtor rural teria alguma ligação com a prefeita Azaide Borges, mas seus aliados temem que o desgaste da gestora municipal possa contaminar sua campanha e sua imagem política.

Formado em Direito, Jerônymo Siqueira foi controlador interno e procurador da Prefeitura de Senador na gestões de Vanderlan Cardoso (PSD) e Misael Oliveira. Ele é visto como representante da renovação na política de São Miguel do Araguaia. Em 2022, apoiou as candidaturas de Jair Bolsonaro, Major Vitor Hugo e Wilder Morais (o único eleito). Ele é sobrinho do ex-deputado Wolney Siqueira.

João Batista: presidente da Câmara de São Miguel do Araguaia | Foto: Câmara

O presidente da Câmara, João Batista Garcia Costa, do pP, é cotado para disputar a Prefeitura de São Miguel. Há quem especule que deve ser o verdadeiro candidato bancado pela prefeita.

Filiado ao União Brasil, Jadir da Farmácia é o candidato do governador Ronaldo Caiado (União Brasil). Hoje, é apontado como favorito. (E.F.B.)