Diretor do Fortiori sugere que, em 2016, o candidato apoiado pelo governo pode ser eleito em Goiânia

gean

Gean Carvalho, diretor do Instituto Fortiori, diz que, em política, é preciso ter o máximo de cuidado com as ideias feitas — o “tolicionário” de que falava Flaubert. “Fala-se que em Goiânia candidato apoiado pelo governo do Estado não ganha eleição para prefeito.

O que se precisa é de candidato consistente. Em 2016, quando o eleitorado deve apostar num candidato com capacidade de gestão reconhecida e na imagem de renovador, a ‘tradição’ pode ser quebrada.”

Gean Carvalho diz que “a tendência é que o eleitor queira ‘experimentar’ a novidade”. O pesquisador sublinha que, no momento, os nomes mais fortes para a disputa são Vanderlan Cardoso (PSB), Iris Rezende (PMDB) e Jayme Rincón (PSDB). Mas não necessariamente nesta ordem. “Jayme Rincón, se candidato, é capaz de sacudir a política de Goiânia.”

Deixe um comentário